sábado, 10 de março de 2012

DE PAI PARA FILHO

“Filho meu, não te esqueças do meu ensino, e o  teu coração guarde os meus mandamentos”  (Provérbios 3: 1)

“Estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração. Tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, andando pelo caminho, deitando-te e levantando-te”  (Deuternômio 6:6-7).

Todos os dias trabalhei para cumprir a “Missão”
Que desde o inicio Deus havia posto em meu coração
Me revelando que um pai deve ganhar de seu filho o coração,
Enquanto andam juntos pelo caminho.

Foi para isso que eu sempre de ti me aproximei
E muitas vezes com firmeza e amor exortei
Mas no silêncio das minhas obras procurei ensinar
O que as palavras tinham pouco poder pra mostrar.

O coração tem um caminho, que só Deus pode dar
Por isso muitas vezes eu só pude mesmo orar
E confiar que Deus faria um milagre em nós
Aproximando nossas vidas todos os nossos dias.


5 comentários:

  1. Que lindo Jú!
    Gostaria de destacar essa parte: "Mas no silêncio das minhas obras procurei ensinar
    O que as palavras tinham pouco poder pra mostrar."
    Que possamos ser mais exemplos, do que falar muito.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  2. Pais por excelência são aqueles que contribuem para que o propósito de Deus se cumpra na vida do filho. Parabéns por seu poema.
    Tenha uma bela semana. Tão bela o quanto é a sua alma
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  3. Olá Juliana
    Lindo poema, que o Senhor continue te usando neste blog tão abençoado. Um forte abraço e uma semana vitoriosa.

    ResponderExcluir
  4. Olá Juliana...bem legal a sua iniciativa de falar sobre o mundo missionário.Além de ter encontrado por aqui bastante poesia.Ah,foi a Cida que passou o seu blog...então um abraço p/ sobrinha também.

    ResponderExcluir